fbpx
Arquitetura em Aço 1
Estruturas de aço, usadas para sustentar edificações, podem ser empregadas em terrenos com diferentes tipos de desnível e reduzir em até 40% o tempo de execução de uma obra, já que são fabricadas simultaneamente às fundações. Além disso, podem custar até 30% menos do que em construções tradicionais, graças à leveza das peças. Outras vantagens são a flexibilidade, a elevada resistência mecânica, a capacidade de vencer grandes vãos e o ótimo desempenho termoacústico. Para completar, as estruturas de aço são compatíveis com todos os fechamentos verticais ou horizontais: tijolos, blocos, painéis de concreto, 
 
Quem define os materiais e os sistemas de ligação que serão aplicados nas estruturas de aço é geralmente um engenheiro civil com experiência em cálculos estruturais e noções de estruturas metálicas. O projeto deve especificar o tipo de aço, o limite de escoramento e de ruptura, além dos tipos de parafuso, eletrodos para solda e conectores. O projetista precisa também conhecer a NBR nº 8800/2008 da ABNT, que trata de estruturas de aço e estruturas mistas (aço e concreto) para edifícios.

Cuidados necessários

O aço é um material durável, mas sujeito à corrosão, o que pode comprometer a estrutura da edificação. A corrosão é provocada pela oxidação que, por sua vez, é causada pela reação da umidade atmosférica com o oxigênio presente no ar e também pela maresia, comum no litoral e em regiões salinas. Nesses locais, recomenda-se o uso de aço galvanizado.

Tratamentos preventivos são essenciais, pois níveis elevados de corrosão tornam a recuperação do material metálico praticamente impossível. Os processos preventivos são feitos, geralmente, ainda na fábrica, mas as peças também podem ser pintadas na obra.

Fachadas de aço

O aço é bastante usado como revestimento para dar à edificação um toque moderno e arrojado. O baixo custo com manutenção, já que a limpeza é feita apenas com água, e a flexibilidade (as chapas metálicas podem ser cortadas, soldadas e montadas de acordo com o projeto) são algumas das características que tornam esse material tão presente nas obras brasileiras.

A escolha do produto varia de acordo com a vida útil desejada e as condições ambientais. As placas de aço inoxidável, as chapas de aço patinável, e as chapas de aço galvanizado revestidas de zinco ou liga de alumínio e zinco são as opções mais comuns. Os aços galvanizados também podem ser pintados com tinta poliéster, aplicada sobre um primer epóxi.

Entre os aços inox, o 316, mais resistente, e o 304, mais barato, se destacam. O importante para garantir a durabilidade do revestimento é investir em parafusos, rebites, porcas, entre outros itens de suporte, feitos com o mesmo tipo de aço inox dos painéis. Isso evita o efeito corrosivo chamado de pilha galvânica.