fbpx

Como evitar ferrugem no aço? Descubra em 5 dicas práticas! 1

Você trabalha com estruturas de metálicas e quer aprender a tê-las sempre bem conservadas? Então, uma das principais coisa que você precisa é aprender como evitar ferrugem no aço.

Um dos maiores pesadelos de quem trabalha com aço é a oxidação, o processo químico em que o metal perde algumas de suas propriedades e passa por uma deterioração natural, popularmente conhecida como ferrugem.

Os prejuízos dessa corrosão vão além da estética: ela interfere diretamente no funcionamento prático, fragilizando sua aplicação e podendo causar os mais diversos problemas como vazamentos e rupturas na estrutura.

Confira neste artigo 5 dicas essenciais para quem precisa usar esse material e deseja evitar ferrugem no aço!

1 – Proteja a superfície para evitar ferrugem no aço

Além dos cuidados básicos como evitar exposição à umidade e não usar água na higienização, já existem pinturas específicas que protegem e aumentam a vida útil do aço, criando uma camada resistente contra os agentes externos que causam a corrosão.

Em caso de necessidade de uma proteção não permanente, como em transporte ou estocagem, também é possível lançar mão de óleos ou emulsões com limpeza posterior.

2 – Prefira materiais com maior resistência à corrosão

Se o projeto já estiver definido e contar com uma projeção de uso de materiais metálicos sujeitos a oxidação, o projetista pode, desde o início, escolher opções que garantam um resultado com menores problemas futuros.

Os aços ligados, com adição de elementos como cromo e níquel, por exemplo, podem ser alternativas inteligentes em durabilidade.

O aço inox, que reage de forma mais superficial sem danos profundos, também costuma ser uma solução eficiente na maioria dos casos.

3 – Considere a galvanização

Galvanização é o nome designado à aplicação de uma camada de zinco que protege metais como o aço das ações corrosivas.

Pode ser feita a frio ou a quente  é uma escolha a ser considerada para quem projeta conforme a demanda do cliente.

4 – Preveja e contenha a corrosão

Em alguns casos, mesmo tomando cuidado para evitar a oxidação, ela não deixa de aparecer. Nesse momento, saber contê-la para que não se alastre pode fazer muita diferença.

Ter controle de umidade e luminosidade do local é importante e, se você puder investir, há aparelhos de climatização que gerenciam as melhores condições para armazenamento desse material.

5 – Se for inevitável, aprenda a eliminar a ferrugem

Às vezes o que não se pode remediar, remediado está. Se com todos os cuidados em dia a corrosão acontecer, há meios de eliminá-la de forma não muito complexa.

Já existem produtos específicos para essa finalidade no mercado, mas usando soluções ácidas como vinagre misturado a água, por exemplo, é possível chegar a um bom resultado, lixando a ferrugem com papel alumínio posteriormente.

Se não for o suficiente, há também a opção da abrasão mecânica, onde uma raspagem da superfície metálica com lixa ou esmeril pode solucionar a questão.

Gostou das dicas? Esquecemos de alguma boa forma de evitar ferrugem no aço? Comente e nos deixe saber. Não esqueça também de compartilhar nas redes sociais e curtir nosso conteúdo!